30 de junho de 2010

Metodologia de Ensino utilizado na capoeira: breve histórico

:: Metodologia de Ensino utilizado na capoeira: breve histórico

Por Mário Antônio de Moura Simim

A capoeira atualmente está inserida em diversas camadas da sociedade, sendo ensinada em escolas, projetos sociais, academias, praças e etc. Com esse desenvolvimento da capoeira, tanto no Brasil, quanto no mundo, é que vamos abordar o assunto sobre o método de ensino da capoeira. Em primeiro lugar vamos abordar o contexto histórico, para depois, apresentar algumas dicas sobre o tema.

Nos primórdios da capoeira, ela se aprendia “de oitiva”, ou seja, sem método ou pedagogia. O aluno aprendia através de uma relação direta com o Mestre e,  na maior parte das vezes, o aprendizado dava-se na própria roda de capoeira. Muitos dos famosos mestres aprenderam dessa maneira a arte da capoeira.

Após o período da escravidão, em 1907, foi lançado anonimamente a obra “O Guia do Capoeira ou Ginástica Brasileira”, assinado por O. D. C (Ofereço, Dedico e Consagro), que tinha como finalidade disseminar a capoeira nas forças navais, além de criar uma ginástica brasileira. A obra aborda os seguintes temas: Posições, Negaças, Pancadas Simples, Defesas Relativas, Pancadas Afiançadas.

O ano de 1928 é marcado pela publicação do livro “Ginástica Nacional (Capoeiragem), metodizada e regrada”, de autoria de Aníbal Burlamaqui - Zuma, considerada um aperfeiçoamento e extensão da obra de O. D. C.. O autor apresenta informações sobre a história, os métodos e regras, golpes, e contra-golpes que fazem parte da aprendizagem e divulgação da ginástica nacional capoeiragem.

Em 1936,  Manoel dos Reis Machado, o Mestre Bimba, cria a “Luta Regional Bahiana”, que veio a se chamar Capoeira Regional. Mestre Bimba cria uma sequência de movimentos de ataque, defesa e contra-golpes para auxiliar os alunos na aprendizagem da capoeira, sendo esse considerado o primeiro método de ensino da capoeira.

Já em 1945, no Rio de Janeiro, Inezil Penna Marinho publica “Subsídios para o estudo da metodologia do treinamento da capoeiragem”, obra dedicada aos capoeiras do Brasil, em especial a Zuma e ao “velho Sinhozinho”, por tanto estarem trabalhando para que a capoeiragem não desaparecesse.

A década de 60 é marcada pelo surgimento do Grupo Senzala, que foi responsável pelo modelo de aulas de capoeira a qual estamos acostumados. Ao observar a sequência de Bimba e após muito treinamento, os integrantes do Grupo Senzala criaram um laboratório para testar novas metodologias de aula. Assim, após anos de estudo, criaram um método de ensino baseado na movimentação básica da capoeira e nas direções (frente/trás, direita/ esquerda, alto/baixo e etc), aliando um treinamento técnico sistemático à criatividade e espontaneidade.


 CAPOEIRA

18 de junho de 2010

CAPOEIRA É RECONHECIDA COMO DESPORTO DE CRIACÃO NACIONAL


CAPOEIRA É RECONHECIDA COMO DESPORTO DE CRIACÃO NACIONAL



Com a aprovação do Estatuto da Igualdade Racial, na noite de ontem, que Estabelece o combate a discriminação racial e as desigualdades estruturais e de gênero que atingem os afro-brasileiros, incluindo a dimensão racial nas políticas públicas e outras ações desenvolvidas pelo estado.

8 de junho de 2010

CONVOCAÇÃO GERAL

MESTRE BININHO
Prezado Mestres, Contramestres, Professores, Instrutores, Monitores, Formados, Estagiários e alunos de Capoeira,

Salve!
Vamos entrar na luta pela Capoeira (Esporte, Cultura, Educação, Segurança, Assistência Social, Saúde e etc.) ser respeitada, valorizada e administrada por capoeiristas. Vou convocar os candidatos às eleições majoritária de nosso estado e colocamos nossas idéias, e a dos Grupos de Capoeiras, e ver qual deles terá uma boa proposta para nossa classe, espero que todos os outros grupos venham participar deste evento e despertaram o interesse de se fazer presentes nessas discussões, desta forma mostraremos ser uma entidade organizada, para isso como de praxe, levarei todos meus discípulos (Estagiários, Formados e Monitores) para essa reunião, pois eles sabem da necessidade da Capoeira de participar ativamente das atividades sociais, esportivas e etc. O caminho é longo e duradouro, mas não devemos parar de organizar esse tipo de eventos, enfim, todos fazemos ações e coisas impressionantes a serviço da comunidade, que ainda falta ser enxergada por nosso governantes. Pois como Capoeirista sabemos da importância do Meio Ambiente, de colocar em pratica os Direitos da Criança e Adolescente, Direitos Indígenas e Afro descentes, Direitos Humanos, Direitos da Mulher, de Políticas Pública e assim sucessivamente. Por isso peço a força de todos os irmãos. Apoiando os verdadeiros amantes da Capoeira, tornado um mundo melhor! E com muita vontade de espalhar para todos os cantos da Terra o grito de liberdade, Iêêêêêêêêê...!este acontecerá na semana do 35º ENCONTRO NACIONAL DE CAPOEIRA.peço a vocês que se manifeste a respeito.
Cordialmente,
Um grande axé a todos!
mestrebininha@gmail.com
http://www.quilombodoqueimado.blogspot.com/

6 de junho de 2010

Pela Regulamentação da Profissão da Capoeira

Camaradas, estamos em Brasília participando da III Conferência Nacional do Esporte que termina hoje. Mais uma vez tentam derrubar conquistas de nosso movimento. Ou começamos a nos mobilizar por todo o Brasil e também no exterior, ou vão nos "engolir". Nós, capoeiristas, ainda não percebemos que o que estão querendo é o nosso mercado de trabalho.

Portanto, precisamos fazer uma discussão séria em todo o Brasil sobre o que realmente queremos. Muitos defendem a Capoeira como Cultura, outros como Esporte, mais o que realmente interessa é que a nossa Capoeira seja comandada, se for o caso, pelos capoeiristas. Uma Conferência Nacional como esta e apenas os Estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Brasília e Goiás se fazem presentes. E, para piorar, dois capoeiristas (não sei se devo chamá-los de Mestres), votaram contra a nossa Capoeira.

Como aqui só podemos utilizar o computador a cada 15 minutos, ainda não preparei um texto contando minuciosamente o que vem ocorrendo nesta Conferência em relação as nossas questões. Querem nosso espaço de trabalho, querem colocar mordaça em todos (as) nós. O momento é de mobilização. O momento é de aproveitarmos este ano eleitoral para elegermos os nossos candidatos para os Estados e para a Câmara Federal, para que tenhamos pessoas comprometidas com a nossa causa para lutar pelo que acreditamos.

CAPOEIRA, TOMA SENTIDO! ESTÃO QUERENDO NOS DAR UMA RASTEIRA!

Sem mais no momento,

Mestre Paulão
Coordenador da Rede Nacional da Capoeira

4 de junho de 2010

AULAS DE CAPOEIRA

CAPOEIRA NA COMUNIDADE PRA TODOS

Na quadra de esportes do ginásio de esporte TARTARUGÃO – Coqueiral de Itaparica eu estou realizando projeto pouco divulgado mais muito interessante.
venho com muita dificuldade tentando expandir a arte da Capoeira na Comunidade.
Através da prefeitura conseguiu o espaço no tartarugão para a prática do esporte, sempre as terças, quintas com inicio as 20:00 horas e sem custo para os alunos.Mestre BININHO, esta a procura de parcerias para o projeto, para dar o apoio necessário para a expansão do mesmo. Quem quiser maiores informações é só procurar nos dias das aulas ou pelos contatos abaixo
mestrebininha@gmail.com

http://www.quilombodoqueimado.blogspot.com/

Tel.: 30393228

DEIXE AQUI SEU RECADO

Twiter